quinta-feira, 18 de março de 2010

PALAVRAS


Passamos muito tempo de nossas vidas sonhando com alguém que disséssemos "EU TE AMO, VOCÊ É MUITO ESPECIAL PRA MIM, É DIFÍCIL VIVER SEM VOCÊ, SINTO TUA FALTA..."
Para nós, tudo isso era poesia em nossos ouvidos, mas a vida passa e hoje descobri que nossas palavras voam ao vento e dançam ao momento.
Dizer EU TE AMO é diferente de fazer o outro sentir-se amado.
Palavras tem formas e sentidos diferentes em cada boca, apenas a ação confirmará o que é dito e a edificará como eterno.
Palavras não tem, por si só, consistência, elas podem ser sementes mas nunca serão árvores.