terça-feira, 30 de março de 2010

sorri



Sorri quando a dor te torturar

E a saudade atormentar

Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar

Quando nada mais restar

Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz

E sentires uma cruz

Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor

E ao notar que tu sorris

Todo mundo irá supor

Que és feliz

doce ilusão


É engraçado que uma mera ilusão transforma a vida.

Algo que a imaginação faz pra preencher o vazio que insiste em nascer em horas que menos se deseja, mas que mais necessita. o mais engraçado é ver a saudade fluir de coisas que só a imaginação fez surgir.

Sabor nem calor fazem parte do que o corpo quer quando a imaginação toma conta da alma, e de repente você se sente desprotegida, e deseja ardentemente por algo que só o intimo de sua imaginação criou.

QUERER estar tão distante do PODER bem mais do que se imagina. e o que a imaginação faz não nos leva pra perto do que podemos e sim próximo ao que queremos.

Doce ilusão do querer participar de algo que não se pode.

Então o por que da saudade de algo que de verdade não existe?


É pelo simples fato de que a imaginação se fez existir.

sexta-feira, 19 de março de 2010

abraços


Tem dias que estamos precisando tanto de um carinho que não fazemos distinção de quem possa nos dar. Afinal abraços e beijos é muiiiiiiiiiiiiito bom.

Ótimo final de semana!!!!

quinta-feira, 18 de março de 2010

PALAVRAS


Passamos muito tempo de nossas vidas sonhando com alguém que disséssemos "EU TE AMO, VOCÊ É MUITO ESPECIAL PRA MIM, É DIFÍCIL VIVER SEM VOCÊ, SINTO TUA FALTA..."
Para nós, tudo isso era poesia em nossos ouvidos, mas a vida passa e hoje descobri que nossas palavras voam ao vento e dançam ao momento.
Dizer EU TE AMO é diferente de fazer o outro sentir-se amado.
Palavras tem formas e sentidos diferentes em cada boca, apenas a ação confirmará o que é dito e a edificará como eterno.
Palavras não tem, por si só, consistência, elas podem ser sementes mas nunca serão árvores.

sexta-feira, 5 de março de 2010

Aprender


Nas cicatrizes do meu coração faço a reeleitura do que aprendi no passado pra viver o meu presente e acertar meu futuro.

É na dor que descobrimos o como viver e na alegria descobrimos o porquê viver.

quinta-feira, 4 de março de 2010

oportunidades


As oportunidades surgem e vão, outras virão, mas de outras formas e outros temperos.

Percebi que as perdemos nem sempre porque deixamos passar, mas porque mesmo próxima a nós as vezes não as alcançamos. E vejamos passar na esperança de que outras mais próximas possam vir, e dessa vez possa alcançar.

Será que virá?

Não sei,agora me resta esperar...