sexta-feira, 26 de julho de 2013

E se não fosse os Se's.

Luar.jpg"Se você não tivesse ido parar naquela loja...
Se minha visita não tivesse sido cancelada...
Se você não tivesse sorrido, se eu não tivesse visto...
Se ainda assim não tivesse voltado...
Se mesmo assim não fosse notado...
E Se eu não tivesse pedido seu número, se você não tivesse dado...
Se eu não tivesse ligado e se você não tivesse atendido...
Se não tivéssemos marcado, e se tivéssemos almoçado...
Já que não almoçamos o que seria se não tivesse ido...
...na carona com um desconhecido, o que seria?
Se não tivesse me olhado e ainda assim se não tivesse me beijado!
Ah! O que seria se não tivesse gostado e se nada daquilo tivesse sido vivido.
E se aquilo não tivesse ocorrido... ah! minha menina se não tivesse me apaixonado ...
Com certeza não teria ligado e se não tivesse feito, onde estaríamos?
Se você não tivesse brincado e seu eu não tivesse amado
Se eu tivesse te escutado e não tivesse te olhado e se você tivesse falado da sua vida e se eu tivesse escutado e se não tivesse hipnotizado, como teria amado?
Se eu não te enxergasse de dentro pra fora e se você também não tivesse feito o mesmo e se não tivesse seguido o desejo e se a razão tivesse prevalecido
E se não tivéssemos nos amado e se o sexo não tivesse ocorrido e se você não tivesse me escutado e se eu não tivesse te pedido desculpas...
E se não tivéssemos combinados e se não fizéssemos direito e se não tivéssemos acertado e se o acordo não fosse cumprido...
Se o acalanto não fosse dado e se meu olhar não fosse sincero, se o ciúmes não fosse controlado e se hoje tivéssemos brigados
Se a lua não tivesse saído e se não tivéssemos sentado na grama

E se vc não me olhasse e se não te beijasse e se tivesse desistido..."(IMP-2013)


A vida é cheia de Se's e na realidade não teremos nunca a certeza.O segredo do SE é tranformá-lo em vida e daí ser feliz.
BOM FINAL DE SEMANA

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Junho

Como pude deixar o mês de Junho passar em branco?!... Já sei o porquê, é que vivi mais que escrevi.

E a vida que nos traz tanto e de repente tão pouco e outros tanto mais que transborda além do que somos. Pessoas amigas, pessoas amáveis pessoas...pessoas! Amo tudo que a vida me oferece, sonhos e tropeços, tapas e beijos, sorrisos e lágrimas. Assim é a vida que transborda feito água, correndo como cachoeiras, andando nas correnteza, desaguando no mar.
Vamos brincar de viver! Vamos viver!