sexta-feira, 28 de setembro de 2012

gota

De repente ao meio de um imenso mundo sinto-me menor de toda a especie. Corro como uma gota d'água em busca do melhor caminho para o mar, na realidade nem sei por que quero chegar lá. Os obstáculos não me impedem do que quero, mas me cansam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário